Follow by Email/Siga-me por mail

domingo, 30 de novembro de 2014

Para quem não come carne vermelhas, fica a sugestão de uma carne de peru à portuguesa.

Quem não tem privações na alimentação poderá fazer este prato com carne de porco!

Contudo, para uma opção saudável, poderão optar por esta versão.




Carne de Perú à Portuguesa




Ingredientes:

600 g de peito de peru cortado em pequenos quadrados (devemos contar com cerca de 200 g por pessoa)
1 iogurte grego natural
3 dentes de alho
massa de pimentão q.b.
1 limão
flor de sal
coentros
azeite qb para fritar a carne


Preparação:

Envolver a carne com iogurte grego (este passo só será necessário se se tratar de carne de peru porque é muito seca, a de porco não necessita).

Deixar repousar pelo menos cerca de uma hora. Este procedimento permitirá dar maciez à carne que é muito seca, ficando assim mais suculenta.
Retirar o excesso de iogurte.

Temperar com massa de pimentão e um pouco de flor de sal (atenção que por vezes a massa de pimentão é muito salgada - poderá não ser necessário colocar sal)

Fritei na actifry durante 20 minutos, com duas colheres de medida de azeite.

Quem não tem, coloca a carne numa frigideira com azeite e deixa fritar.

Quando estiver quase frita, cortar metade do limão em pedaços e juntar à carne.

Polvilhar com coentros a gosto e sumo do restante limão.


0

sábado, 29 de novembro de 2014


Olá!!

Hoje é o dia do meu aniversário!

O recomeçar de um novo ano!

Hoje não há receita culinária!



PARABÉNS!!!! PARABÉNS  PARA MIM!!!!!!


É o ano antes dos "enta".

Iniciei este blog dia 3 deste mês. Tem sido uma óptima experiência.
Têm sido muitos os amigos que me têm dado todo o apoio para continuar. O que eu aproveito para agradecer de <3.

O balanço dos 38 não é bom, mas sim, óptimo!

Foi um grande ano em tudo o que a vida tem de bom! Grandes lições de vida! 

Deus brindou-me com saúde e com o amor da minha família e amigos.

Também me brindou com uma grande lição que eu aprendi e que soube dar a volta e afastar da minha vida, com a determinação que, todos os que me conhecem, sabem que sou detentora!

O tempo é um bom solucionador e encarrega-se de trazer a verdade dos factos ao de cima. Assim creio!

Obrigada meu Deus, sou grata !!!! Pelo que tenho, por aqueles com quem me cruzo e por tudo o que sou!! 

Um agradecimento especial ao meu marido, aquele que me dá todo o apoio para fazer o que faço - sem ti não seria possível meu amor!! 





Partilho convosco a Receita da Felicidade:

USEM E ABUSEM DESTA RECEITA - SEM RESTRIÇÕES


Ingredientes:

3 chávenas de cumplicidade
4 colheres de carinho
2 colheres de perdão
2 pitadas de paixão
300 g de compreensão
1 kg de paixão
1 litro de sinceridade


Preparação:

Aqueça o coração enquanto mistura os ingredientes.

Sirva com muito amor ... e façam o favor de serem felizes


Amanhã, voltam as receitas culinárias!!
4

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Porque foi numa segunda feira, porque era dia de não comer carne .... resolução de última hora .... empadão de atum ... Ficou uma delicia!!




"Empadão de Atum da Carlota"


Ingredientes:


300 g de atum em conserva, em azeite ou natural

2 cenouras pequenas ou uma grande
1 dente de alho
1 cebola média
40 g azeite
4 tomates médios em rama
1 pedaço de pimento laranja (podem usar encarnado ou verde, a vosso gosto)
sal, pimenta e colorau q.b.
250 g de arroz agulha
150 g de ervilhas
1 cálice de vinho branco
queijo da ilha a gosto para ralar.
sementes de sésamo para enfeitar o prato


Preparação:

(Na bimby)

Colocar no copo o alho, a cebola e a cenoura, picar 5 seg/vel.5

Escorrer os restos que ficaram na parede do copo e refogar 5 mim/100ºc/velocidade colher.
Adicionar o pimento e o tomate, previamente picado (também podem picar na bimby alguns segundos na vel. 5 - eu preferi fazer assim para não ficar tão desfeito) e refogar mais 5 minutos/100ºc/velocidade colher.
Adicionar o atum, sal, pimenta e colorau, a gosto,  e deixar refogar mais 4 minutos na mesma temperatura e velocidade.
Escorrer o liquido com o auxilio da cesta. Reservar o atum e o liquido.

Colocar no copo da bimby, o liquido, o cálice de vinho branco e o restante em água até perfazer 800 g. Adicione sal e pimenta a gosto, o arroz e as ervilhas.

Cozer durante 20 minutos/100ºc/velocidade 3.
A meio da cozedura mexer o arroz para soltar.
Reserve a água da cozedura, vai precisar dela no fim.

Preparação Tradicional:


Fazer um refogado com a cebola, o alho e a cenoura picados.

Adicionar depois o pimento e o tomate picado, deixar estufar um pouco.
Adicionar o atum, sal, pimenta e colorau, a gosto,  e deixar refogar mais um pouco.
Escorrer o liquido que se formou para ser utilizado na cozedura do arroz.
Reservar o atum.
Adicionar ao liquido, o cálice de vinho branco, as ervilhas e a água em quantidade que seja o dobro e um pouco mais do que o arroz (como num arroz tradional).
Deixar cozer, em lume brando, durante cerca de 12 minutos.
O arroz deverá ser escorrido antes da montagem do empadão. Reserve a água da cozedura (vai precisar dela no fim).


Montagem do empadão:


Num recipiente que vá ao forno colocar uma primeira camada de arroz.

Colocar depois o preparado de atum e cobrir novamente com arroz.
Regar com um pouco da água da cozedura, para que não fique demasiado seco.
Ralar um pouco de queijo por cima e polvilhar com algumas sementes de sésamo.
Levar a forno tradicional, 200ºc, cerca de 20 a 25 minutos.



2

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Estes scones têm a proeza de se tornarem os reis da festa onde quer que sejam apresentados ;)

Já foram servidos em diversos lanches e encontro de amigos fazendo sempre sensação.

Aqui fica a receita destes scones bem gulosos para saborear nestes dias frios.

Façam a lista dos ingredientes para saborearem no fim de semana :D




Scones de Gengibre


Ingredientes:

380 g de farinha sem fermento
1 + 1/2 c sobremesa de fermento
56 g de açúcar
1 pitada de sal
80 g de margarina liquida bem gelada
200 g de iogurte grego
gengibre fresco ralado a gosto


Preparação:

Misturar todos os ingredientes pela ordem indicada (eu gosto de o fazer com as mãos, mas podem fazê-lo com uma colher de pau), até que fique uma massa homogénea.
Forme uma bola, tape e deixe levedar.
Depois de levedada a massa, formar pequenas bolas com as mãos e levar a forno pré-aquecido, a 180ºc (forno pastelaria) durante cerca de 20 minutos ou até ficarem dourados.

Servir com doces ou salgados a vosso gosto!!
0

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Tem vezes que não temos tempo para fazer aquele extra - o doce - para apresentar no final da refeição!!

Fica então a receita de um doce para quem não tem tempo, e com ingredientes que, quase sempre, estão na nossa dispensa. 

Não impressiona, mas satisfaz os apetites gulosos ;)





Doce Rápido para quem não tem tempo

Ingredientes: (para 6 pessoas)

1 lata de leite condensado (usei light da Nestlé)
1 lata e meia de leite
50 g de amido de milho
1 pacote de bolachas Maria Torrada
café ou chocolate q.b. para humedecer as bolachas



Preparação do creme:


(Na bimby)
Colocar no copo da bimby o leite condensado, o leite e o amido de milho.

(Tradicional)
Levar a lume brando um tacho com o leite condensado, o leite e o amido de milho.
Mexer sempre com o auxilio de um fouet (vara de arames) até engrossar.
Desligar o lume.


Montagem do doce:

Num recipiente grande, ou em individuais, deverá colocar no fundo bolachas embebidas em café ou chocolate, consoante a sua opção, seguidas de uma camada de creme.
Vá alternando até chegar ao fim, tendo em atenção que a última camada deverá ser de creme e coberta com a bolacha que sobrar, previamente picada.

Bons doces ...
2

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Estas batatas foram feitas para acompanhar o rolo de perú recheado com mozzarella, manjericão e tomate seco.

Acompanham bem uma carne ou peixe assados e são um elogio à simplicidade pela forma rápida e descomplexada com que se preparam.





Batatinhas no forno aromatizadas com Alecrim


Ingredientes:


600 g batata primor

flor de sal q.b.
moinho com mistura de 5 pimentas
alecrim q.b.
azeite q.b.


Preparação:


Cortar as batatas a meio.

Dar-lhes uma fervura, durante cerca de 3 minutos.
Coar a água e verter para um recipiente que vá ao forno.
Temperar com todos os ingredientes e levar a forno previamente aquecido, 200ºc, durante cerca de 20 minutos.
2

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

O almoço de domingo proporcionou este belo rolo, acompanhado de batatas assadas com alecrim, uns brócolos cozidos e uma sobremesa para quem não tem tempo.

Deixo-vos, hoje, a sugestão do rolo de carne!

Fácil de fazer e melhor de comer .... 



Rolo de perú recheado com mozaarella e tomate seco envolto em massa folhada


Ingredientes:

800 g de peito de perú (podem usar metade perú, metade porco)
1 carcaça ou equivalente em pão rijo
leite para demolhar o pão
1 ovo
1 queijo mozzarella
4 metades de tomate seco
sal 
pimenta
alho em pó
1 c chá sementes de coentros moidas
1/2 c de chá pimentão doce
1/2 c de chá de cominhos
folhas de manjericão a gosto
1 placa de massa folhada

Preparação:

Pique o pão. Coloque o leite por cima e deixe que o pão absorva bem o leite. 

(Pode usar picadora 1,2,3 ou um processador de alimentos. Na bimby use vel. 9/5 a 10 segundos, dependendo da dureza do pão - não deixar esfarelar)
Pique a carne de peru, para isso não esqueça de a manter 3 horas no congelador, caso contrário fica espapaçada.
Colocar a carne numa taça, o pão demolhado, um ovo inteiro, sal e pimenta q.b., o alho em pó, os coentros moídos,  o pimentão doce e os cominhos.
Misturar bem e reservar (Costumo temperar a carne de véspera).

Colocar a mistura da carne sobre papel aderente, tendo em atenção a dimensão do tabuleiro onde vai colocar o rolo.

Espalmar a carne com a mão de modo a formar uma camada homogénea rectangular.

Colocar por cima, folhas de manjericão, o queijo mozarela cortado em pedaços e o tomate seco cortado.


Tapar com mais papel aderente e com a ajuda de um rolo de cozinha, passar por cima de modo a ficar com uma camada homogénea.


Retirar a película e com a ajuda da película que está em baixo, enrolar a carne formando um rolo.


Envolva com a película e leve um pouco ao frigorífico enquanto prepara a massa.


Estique uma placa de massa folhada na proporção do rolo.


Coloque o rolo por cima e envolva com a massa. Sele a massa com umas pinceladas de água.


Enfeite com os restos de massa e no final, pincele com uma gema de ovo.


Levar a forno ventilado, 180ºc cerca de 45 minutos.
0

sábado, 22 de novembro de 2014

Frittata é uma especialidade da culinária italiana, algo entre a omelete e a tortilha.

Uma maneira mais saudável de comer ovos sem fritarem .... E, neste caso, de comer legumes também!!

Esta, foi preparada na bimby e depois cozinhada no forno!

Pode facilmente ser feita ao modo tradicional ... darei as dicas.

Fica a sugestão para uma refeição rápida, quando não apetece fazer grande coisa e não há restos para se comer.

Contudo, a mesma pode ser feita a partir de alguns restos guardados no frigorifico, tais como uns legumes cozidos que sobraram, frango assado, entre outros, é só dar largas à imaginação.





Frittata de Courgete e Tomate Cherry


Ingredientes:

50 g de queijo ralado (usei São Jorge - podem usar parmesão)
1 courgete
1 cebola média
1 dente de alho
15 a 20 tomate cherry
3 colheres de sopa de natas de soja
5 ovos grandes
30 gramas de azeite
sal, pimenta e manjericão a gosto.


Preparação:

Partir a courgete em cubos.
Cortar a cebola grosseiramente.
Picar o dente de alho.


Cortar os tomates ao meio.
Colocar os ingredientes no copo da bimby, cerca de 10 minutos, velocidade colher de pau, colher inversa. (A bimby também corta nas velocidades 1 a 3, mas queria algo mais rústico)



Quem não tem Bimby pode fazer um estufado na frigideira.

À parte, bater 5 ovos grandes com o queijo ralado, as natas de soja, sal, pimenta e manjericão picado a gosto.
Levar ao forno a 200 graus, cerca de 20 minutos.

Bom apetite
0

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Pouca é a carne que se come cá por casa.

Por norma, à segunda feira não comemos de todo. É a chamada "meatless monday".




A campanha das  "segundas sem carne" é um movimento internacional que nasceu nos Estados Unidos em 2003. Ele tem por objectivo contribuir para a tomada de consciência por parte de todos para o impacto que o consumo excessivo de carne tem sobre a saúde humana, o ambiente e os animais.

São 24 os países que já aderiram, contando com o apoio de inúmeras figuras públicas como Sir Paul McCartney e de líderes internacionais dos mais variados quadrantes.


Em Portugal, esta campanha foi lançada em Outubro de 2011 com o objectivo de reduzir o consumo de carne em 15%, o equivalente a um dia por semana, para ajudar a reduzir o risco de desenvolver doenças crónicas, travar as alterações climáticas e minimizar o sofrimento animal. 


Podem consultar o site em inglês aqui: http://www.meatlessmonday.com e o português aqui: http://www.2semcarne.com

Começámos a seguir este princípio, de retirar a carne da alimentação, à segunda feira há cerca de um ano e ... temos conseguido cumprir.



Porque foi o prato de uma segunda, e porque, nesse dia, não comemos carne, fica a receita de um espaguete de legumes acompanhado de ovos cozidos.

Esta receita também pode ser feita como aproveitamento de legumes e massas.


Esparguete com Legumes

Ingredientes:


300 g de feijão verde

2 cenouras
meio lombardo
esparguete q.b. para 4 (usar um medidor de massas ou colocar "a olho")
sal e azeite q.b.


Preparação:


Arranje o feijão verde, a cenoura e o lombardo, em juliana.

Levar a cozer durante cerca de 5 a 7 minutos  (para que não se desfaçam).
Retire os legumes e reserve a água.
Na água reservada, coza o esparguete.
Depois de cozido, passe, rapidamente, por água fria, para parar a cozedura.
Misture o espaguete com os legumes e regue com azeite.





2

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

As entradas que servimos antes de qualquer refeição são as boas vindas ao festim que se segue!!

Deixo-vos uma sugestão rápida, prática e saborosa, com garantia de sucesso.

O Camembert é, sem dúvida, o mais famoso dos queijos franceses. É o rei dos queijos ou pelo menos, o queijo mais popular.

Aqui fica a amostra antes de ir ao forno, porque .... Depois de pronto, nem tempo houve para a foto.



Camembert aromatizado com alho e alecrim

Ingredientes:


1 queijo camembert (usei Prèsident)

1 dente de alho 
Alecrim a gosto (podem usar tomilho, tomilho-limão ou orégãos secos)


Preparação:


Tire o queijo da caixa e retire a película que o envolve.

Forre a caixa com papel vegetal e torne a colocar o queijo.
Dê alguns golpes no queijo, com uma faca, e insira o alho laminado.
Faça o mesmo com o alecrim, salpicando, um pouco, por cima também!
Leve ao forno pré-aquecido, 180°c cerca de 20 minutos.
Está  pronto a servir, basta retirar a "tampa" ao queijo. Pode cortar à volta ou, simplesmente abri-lo pelos golpes.

Servir com tostas ou com pão torrado.
2

O peixe, para além de ser um alimento de fácil digestão, aumenta as reacções anti-inflamatórias do organismo, melhora a memória e a concentração, porque é rico em Ómega 3.

Só boas razões para o consumo de peixe.

Deixo-vos hoje a receita de um pargo legitimo assado com o meu tempero ;)

Podem fazer com outro tipo de peixe!

Para acompanhamento fiz umas batatas noisettes da McCain (óptimas para o desenrasque).

Fica a sugestão e uma foto do "antes" e "depois" de cozinhado.






Ingredientes:

1 pargo legitimo com cerca de 1,3 Kg

2 cebolas
1 limão
1 courgete
1 cenoura
3 dentes de alho
12 tomates cherry de diferente variedade (amarelo, riscado, vermelho)
1 cálice generoso de vinho branco
tomilho seco
pimentão doce em pó q.b.
flor de sal e azeite q.b.


Preparação:



Peça na peixaria para arranjarem o peixe, cortando-o sem separar.


Como era grande, pedi para ser partido ao meio, e depois foram então cortadas as postas, mas sem serem separadas.

Corte umas rodelas de limão e depois, cada rodela ao meio. Intervale com limão nos golpes do peixe e insira também pedaços de alho lascado. Não se esqueça de incluir a cabeça do peixe.

Corte o restante limão grosseiramente (tipo quadrados).

Corte as cebolas em juliana e com elas faça uma cama onde vai deitar o peixe e os restantes ingredientes, num tabuleiro anti-aderente.

Disponha o peixe por cima da cebola, centrado no tabuleiro.

Corte a courgete em fatias finas.

Faça um golpe em cruz no topo dos tomates.

Corte a cenoura em juliana.

Ladeie o peixe com os legumes arranjados e com o limão cortado

Tempere tudo com sal marinho e tomilho seco.

No peixe, coloque um pouco de pimentão doce.

Regue com azeite e com o vinho.

A meio da "cozedura" regue tudo com o caldo que se vai formando no tabuleiro.

Leve ao forno a 220ºc, cerca de 45 minutos



0

terça-feira, 18 de novembro de 2014

A couve-flor é altamente nutritiva e saborosa, dispondo de consideráveis quantidades de vitamina C e um baixo teor de colesterol.  Óptima para as dietas ;)

Esta sopa foi feita para um almoço de família e foi bastante apreciada.


Não tenham receio de experimentar! Vão ver que será uma agradável surpresa ;)






Creme Aveludado de Couve-Flor 
aromatizado com noz-moscada e salpicado com pinhões e cebolinho


Ingredientes:

 900 g de couve-flor (só as floretes) 
250 g de cebola
1 alho francês grande ou 2 médios (só a parte branca)
600 ml de leite
1200 ml de água
1 colher de sopa de caldo de legumes caseiro ou 1 cubo dos de compra
1 batata doce
sal, azeite, noz moscada, cebolinho e pinhões q.b.


Preparação:

Prepare a cebola e o alho francês, lavando-os e cortando-os em pedaços.
Levar ao lume em azeite e refogar um pouco.
Adicionar os restantes ingredientes e deixar cozer.
Quando tudo estiver cozido, passar com a varinha mágica.
O creme deve ficar com uma consistência aveludada.
Se necessário acrescentar um pouco de água fervida.

Levar os pinhões ao lume numa frigideira anti-aderente e deixar tostar um pouco para que liberte os óleos que os compõem e o respectivo sabor.

Quando servir o creme, moer um pouco de noz moscada, e salpicar com cebolinho cortado e os pinhões tostados.
3

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

A Baclava é uma sobremesa típica dos países que constituiam o antigo império Otomano.

Representa, nos dias de hoje, um dos pratos nacionais da Turquia. Sendo, também, bastante apreciado na Grécia.

Esta sobremesa traduz-se num pastel feito com nozes trituradas, envolvidas com massa filo e banhada com um xarope de açúcar.

A versão que fiz levou amêndoas e nozes, ma podem colocar pistachos, avelãs, ou fazer de um fruto só.

Podem usar uma forma quadrada (25x25), rectangular (20x30) ou redonda, como a que usei. A razão da opção pela forma redonda deve-se ao facto da massa estar em promoção no supermercado onde a comprei, nada mais! O excesso de massa foi aparado com um cortador de pizza.

É rápida de fazer e uma delicia.
Servir com chantilly (um pouco azedo) ou com gelado de nata ou baunilha. Ou ... comer simples! 



Baclava

Ingredientes:

(Para o recheio)
150 g de nozes
150 g de amêndoas
2 colheres de sopa de canela
4 colheres de sopa de açúcar moreno
14 folhas de massa filo (3 entre camadas e 4 para a base e para a cobertura)
50 g de manteiga, sem sal, derretida para pincelar as folhas mais q.b. Para untar a forma.

(Para o xarope)
180 g de açúcar amarelo
200 ml de água
50 ml de mel
2 paus de canela
2 cravos da Índia
2 cascas de limão.


Preparação Tradicional:

Coloque os ingredientes do recheio na picadora ou num processador de alimentos e triture até ficarem pequenos pedaços dos frutos secos. Poderão  ficar uns maiores que outros.
Unte, previamente, a forma com manteiga.
Prepare as folhas de massa filo para serem trabalhadas (atenção que secam muito facilmente, no tempo mais quente, deverão estar cobertas por um pano húmido.
Pincele as folhas uma a uma com a manteiga derretida (no micro ondas) e vá alternando as camadas de massa e recheio. Dá  para aproximadamente três camadas de recheio.
Não esquecer que a primeira e última camadas são de massa e em número de quatro.
Quando terminar, corte a baclava em pequenos pedaços.
Levar a forno pré-aquecido 180°c por 25 minutos.

Entretanto, preparar a calda.

Levar todos os ingredientes ao lume, fervendo durante cerca de 10 minutos, mexendo sempre com o fouet (vara de arames).
Deixar arrefecer.
Retirar o pastel do forno e regar com o xarope.

Servir!



Preparação na Bimby:

Colocar os ingredientes para o recheio no copo e triturar 15 segundos/velocidade 5.

Retire e reserve.
Derreter a manteiga no micro-ondas.
Prepare as folhas de massa filo para serem trabalhadas (atenção que secam muito facilmente, no tempo mais quente, deverão estar cobertas por um pano húmido.
Pincele as folhas uma a uma com a manteiga derretida (no micro ondas) e vá alternando as camadas de massa e recheio. Dá  para aproximadamente três camadas de recheio.
Não esquecer que a primeira e última camadas são de massa e em número de quatro.
Quando terminar, corte a baclava em pequenos pedaços.

Levar a forno pré-aquecido 180°c por 25 minutos.


Coloque no copo os ingredientes para a calça e deixe cozinhar 15 minutos/100°c/velocidade 1.
Deixar arrefecer.
Retirar o pastel do forno e regar com o xarope.

Servir!
2

Author

PageRank