Follow by Email/Siga-me por mail

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015


Na última passagem pela peixaria encontrei,  à venda, salmonetes.

Adoro o sabor deste peixe!!

Se bem que não se trata de um peixe barato, mas um dia não são dias, e às vezes, para variar, também, sabe bem!

Confesso que há muito não o comia.

Pedi na peixaria para desmancharem o peixe em filetes, ao que acederam prontamente!

Bastou uma pitada de flor de sal e um pouco de azeite para ficarem como aspecto que se vê na foto!

Para acompanhar fiz um delicioso arroz de ervilhas e hortelã. 

Aqui fica a sugestão para mais uma refeição rápida ...








"Filetes de salmonete grelhados com
 arroz de ervilhas e hortelã"



Ingredientes: (para 4 pessoas)

300 g arroz carolino
150 g de ervilhas
hortelã fresca
50 g azeite
1 cebola 
1 dente de alho
8 filetes de salmonete
flor de sal qb



Preparação na Bimby:

Introduza o azeite, a cebola o alho e a hortelão no copo da Bimby.
Triture 5 segs/vel. 5 e depois refogue 5 mins/100ºc/ vel. colher de pau.
Verta o refogado para a cesta da bimby e coloque-o no copo.
Introduza 800 g de água.
Coloque o arroz na cesta e tempere com sal.
Programe 20 min./100.ºc/veloc. 3 e deixe cozinhar
Mexa o arroz a meio da cozedura.
A 5 minutos do fim, introduza as ervilhas e deixe cozer.
Salpique, no final, o arroz, com mais um pouco de hortelã fresca picada.


Preparação Tradicional:

Pique a cebola, o alho e a hortelã.
Introduza os ingredientes referidos num tacho com o azeite e refogue até que a cebola fique transparente.
Introduza o arroz e água na proporção do dobro do arroz.
Deixe cozer, fervendo, por cerca de 12 minutos.
As ervilhas deverão ser acrescentadas quase no final da cozedura (cerca de 5 minutos antes).
Vá mexendo, de vez em quando o arroz.
No final, salpique com um pouco mais de hortelã fresca picada.

Para os filetes dos salmonetes, bastará colocar um pouco de fio de sal e um fio de azeite e colocar a grelhar com a apele voltada para baixo.
Quando tiverem mudado de cor poderão voltá-los.

Acompanhem com uma boa salada!
0

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Um bolo não muito doce ... mas com a doçura certa para a ocasião.

Inspiração tirada do blog "Pratos e Travessas" que correu muitíssimo bem!

A avaliar pelas fotos todos ficamos a aguardar que o bolo se transforme e saia do ecrã do computador.

Como tal ... e porque, como sabem, gosto de partilhar, hoje deixo-vos a receita deste bolo para que presenteiem alguém especial ou, somente, para mimar os de casa.

O bolo tem de ser feito com antecedência para arrefecer.

A ganache de chocolate também, para que ganhe firmeza, ela servirá de recheio para o bolo.

Não desesperem ao ver a lista de ingredientes! O bolo demorará cerca de uma hora a fazer! (mais um tempinho para a decoração)

Contudo, o resultado final será merecedor.

Espero que gostem!









Ingredientes:
(para os bolos)

8 ovos
265 g de açúcar
265 g farinha sem fermento
265 g manteiga sem sal
100 g de cacau em pó
2 c de chá de fermento em pó
3 c sopa de leite
1 c de chá de essência de baunilha
(margarina e farinha q.b. para untar e polvilhar as formas)

(para o xarope de morangos - para humedecer o bolo)
300 g de morangos
150 g de açúcar 
25 ml de água


(para a ganache - que servirá de recheio)
200 g de chocolate em barra, com 75% de cacau (uso Lindt)
200 ml de natas 

(para a cobertura)
200 ml de natas
50 g de açúcar fino (usei baunilhado)


(para decorar)
cacau em pó
raspas de chocolate
frutos vermelhos a gosto (usei morangos, mirtilios, framboesas e amoras)


Preparação:

(Bolo)
Unte duas formas de 22 cm de diâmetro com margarina e polvilhe com farinha.
Bata a manteiga com o açúcar até formar um creme bem fofo.
Adicionar as gemas, o leite e a baunilha e misturar.
Juntar a farinha, o cacau e o fermento e mexer bem.
(A prova de que o bolo está bem batido é quando começam a surgir bolhas na massa)
Bater as claras em castelo e envolver na massa, sem mexer, como se de um souflé se tratasse.
Verta metade do preparado em cada uma das formas.
Leve a forno pré-aquecido a 180.ºc, cerca de 25 minutos.


(Xarope)
Colocar  os morangos partidos a meio, o açúcar e a água numa caçarola ou tacho.
Levar a lume brando e deixar o açúcar derreter e os morangos libertar o açúcar que contêm.
Deixe ferver cerca de 10 minutos.
Coe o xarope e reserve.

(ganache de chocolate)
Derreta o chocolate juntamente com as natas num recipiente em lume brando.
Vá mexendo de vez em quando até que fique uma mistura brilhante.
Reserve e deixe arrefecer para engrossar.

(Chantilly)
Bater muito bem as natas, adicionando o açúcar aos poucos, até que forme um creme rijo mas fofo.

(Montagem)
Colocar um bolo no prato de servir.
Regar o bolo com um pouco do xarope.
(Faça furos no bolo com a ajuda de um palito para que absorva bem o liquido - Reserve cerca de 1/3 para regar as fatias quando servir)
Colocar a ganache sobre o primeiro bolo (ela será o recheio).
Colocar o segundo bolo e, proceder tal como no primeiro, regando-o com o xarope de morango.
Cobrir todo o bolo com o chantilly.
Decorar com os frutos a gosto, polvilhar com cacau e decorar com uma raspas de cacau.

Sirvam as fatias de bolo com um pouco do xarope de morangos ... ficará uma delicia!!
2

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Hoje o aniversário não é o meu, mas de alguém que me diz muito e também é muito para mim!

Entrou na ternura dos 40! 

E como o cantor dizia:

"Quem eu era?

Quem sou e quem pareço?


Se alguém hoje me espera,


Com certeza que mereço.

Mereço ainda,


Amor, a tua presença,


Para enfrentar a vida


Com a ternura dos 40"



E é isso mesmo!

Como tal, para comemorar este dia fizemos, cá em casa um bolo super-delicioso!

Deixo a foto, mas a receita fica para amanhã!

Decerto compreendem que hoje o dia é de comemoração.

Mas ... para aguçar o apetite ... deixo-vos estas fotos:





"Bolo de Chocolate Guloso com Frutos Vermelhos"


Fiquem com esta música .... linda ... que dedico a todos, mas com um toque especial para o "Meninão" cá de casa <3 pelos seus 40 anos!!



0

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

O acompanhamento dos bifes de seitan que vos deixei aqui foram estes brócolos assados.

Foi tudo para o forno em simultâneo ... sem perdas de tempo! Refeição prática e rápida.

O assado de brócolos foi uma agradável surpresa, nunca havia experimentado.

Os brócolos que usei são biológicos (diretamente da pequena horta do pai) bastante tenros e saborosos.

Para dar um sabor mais agradável aos brócolos, adicionei, depois de assados um molho de mostarda à antiga, que resultou muito bem.

Confiram ... 




"Bróculos Assados no forno 
acompanhados de mostarda à antiga"


Ingredientes:

500 g de bróculos cortados em floretes
meia chávena de azeite
1 pitada de flor de sal

(para o molho)
2 c chá de mostarda à antiga
2 c chá sumo de limão ou lima
1 c chá avelãs torradas


Preparação:

Lavar os brócolos e colocar numa assadeira regados com o azeite.
Colocar no forno pré-aquecido 180ºc, cerca de 20 minutos.

Entretanto, com um pisador parta as avelãs e junte os restantes ingredientes, misturando bem.

Quando os brócolos estiverem assados, regue com o molho e sirva de imediato.

0

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Tal como já sabem ... hoje é o dia de privação de carne em abono do programa mundial "Meatless Monday" do qual já vos falei diversas vezes.

Se aos poucos conseguir conquistar alguns seguidores para esta campanha, e esses mesmos, conquistarem outros mais, seremos, em breve, bastantes!

Hoje e, porque precisava de algo que fosse rápido pois a petiz exige uma atenção redobrada nesta semana de testes .... foi tudo para o forno, tantos os bifes como os bróculos que serviram de acompanhamento.

Este brócolos, dos quais deixarei a receita amanhã, ficaram ótimos! E, foram acompanhados por um molho de mostarda à antiga.

Mas, por ora, deixo-vos o apontamento do seita no forno, esperando que se deliciem com a foto e se sintam tentados (para quem ainda não comeu) a experimentar.

O seitan é feito à base de trigo, constitui uma alternativa à carne, e tem baixo valor proteico.



"Bifes de Seitan com Cogumelos e Natas"


Ingredientes: (4 adultos)

500 g de seitan
200 g de cogumelos marron
1 folha de louro
4 dentes de alho
2 cálices de vinho branco
sal e pimenta a gosto (moídos na altura)
azeite q.b.
1 cebola
um pacote de creme de soja para culinária


(Aqui estão os bifes antes de ir ao forno - sem e com o creme de soja)





Preparação:

De véspera, corte o seitan em bifes e tempere com os dentes de alho, a folha de louro, um fio de azeite, os cálices de vinho e sal.

Corte a cebola em juliana e forre o fundo de um tabuleiro.

Disponha os bifes de seitan por cima da cebola e verta a marinada por cima.

Corte os cogumelos em laminas e espalhe sobre os bife.

Por fim, regue com o creme de soja e com um pouco de azeite.

Leve a forno pré-aquecido a 180.ºc, cerca de 20 minutos.
(usei forno ventilado porque assei os brócolos em simultâneo).

Para acompanhar servi espaguete cozido.

Bom apetite ... espero que vos inspire :)

0

sábado, 24 de janeiro de 2015

A bem da saúde e, que me perdoe o Chef Duque de Richelieu (criador da maionese), trago-vos a opção de uma maionese caseira que não leva ovos.

A base consiste em creme de soja e azeite. Poderão depois aromatizá-la ao vosso gosto. Com um dente de alho, ervas aromática, citrinos ... um sem fim de possibilidades.

No caso de hoje, adicionei laranja para acompanhar as douradas que vos deixei aqui.

Caso não queiram fazer esta maionese, poderão adicionar à de compra, sumo e raspas de laranja para a aromatizar.

Que vos parece a avaliar pela foto? Sugestiva?



"Maioneses de Laranja"


Ingredientes: (para a receita base)

1 embalagem de creme de soja
a medida da embalagem com azeite
sal e pimenta q.b.

Para aromatizar:
Raspa e sumo de laranja a gosto!


Preparação:

Colocar os ingredientes, para a receita base, num copo misturador.
Introduzir a varinha mágica e deixe ganhar consistência semelhante à da maionese. 

Rectificar os temperos e aromatizar a gosto.


0

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

O caril é uma mistura de especiarias muito utilizada na cozinha, um pouco por todo o mundo e, em especial na Índia e Tailândia.

Por influência de muitos goeses que foram para Moçambique passou a ser bastante bastante apreciado por terras africanas.

Foi, precisamente, uma amiga de raízes africanas - a Sandy - quem me ensinou que um bom e verdadeiro caril tem de ter maçã.

Gosto de comprar algumas especiarias na zona do Martim Moniz,a preços bastante acessíveis e de óptima qualidade!!


A curcumina, um elemento do caril, tem poderes anti-inflamatórios. 
Que tal aproveitar a sugestão do caril para cozinhar neste tempo tão frio e propício a gripes? E assim, associar a comida à cura ou farmácia ... prevenindo doenças?


"Caril de Frango e Maçã Reineta"


Ingredientes: (para cerca de 6 pessoas)

6 peitos de frango
sumo de um limão
2 dentes de alho picados
1 cebola picada
2 maçãs reinetas partidas em cubos
cerca de 3 cm de gengibre fresco ralado
300 ml de leite de coco (cerca de 1 lata) 
caril, azeite, coentros e sal a gosto

Preparação:

Cortar os peitos de frango em cubos e temperar com o sumo de limão, sal e um pouco de azeite. 
(deixar marinar com alguma antecedência, no frigorífico)

Num tacho, colocar o azeite, o alho picado e a cebola e refogar um pouco, até que fiquem translúcidos.

Adicionar a maçã, a carne, o gengibre ralado e o caril a gosto.

Deixar levantar fervura e cozer a carne e a maçã o que demorará pouco tempo. 

Polvilhar com coentros picados e servir acompanhado com arroz branco.
0

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015


Aproveitando esta época de grelos e, fugindo à preparação tradicional do grelo cozido, aproveitei para fazer um acompanhamento diferente e bastante apetitoso para acompanhar o bacalhau confitado que apresentei aqui






Ingredientes:

200g de grelos cozidos
600 g de batata (usei primor)
sal qb
2 dentes de alho picados
azeite qb
azeite da cozedura do bacalhau
pimenta a gosto


Preparação:


Coza os grelos previamente. Escorra-os, pique grosseiramente e reserve.


Cozinhe as batatas conforme indiquei nesta receita.
Sacuda o sal das batatas e descasque-as.


Numa frigideira coloque um fio de azeite e os dentes de alho picados. Saltei agora os grelos e adicione depois as batatas esmagadas.

Envolva bem e adicione um pouco do azeite da cozedura do bacalhau.

Polvilhe com pimenta a gosto.

Sirva de imediato.

0

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Uma inspiração na cozinha do Chef Avillez  ... um bacalhau confitado!


Cá em casa não somos grande apreciadores de bacalhau cozido.


Contudo, o bacalhau confitado .... uhmmmm ... uma verdadeira delicia!

Já havia experimentado a iguaria, cozinhada pelo Chef, e agora fizemos cá em casa! 

Todos gostaram ... as lascas do bacalhau a soltarem-se e a macieza das mesmas ... o aroma do cozinhado ... deixo-vos então, a sugestão apetitosa!

Para acompanhamento, foi servida uma esmagada de batata com grelos e alho.


"Bacalhau Confitado em Azeite com Citrinos"


Ingredientes: (para 4 pessoas)

4 lombos de bacalhau demolhados
1 lt de azeite
casca de meia laranja e de meio limão (sem a parte branca)
1 cabeça de alho cortada a meio
2 folhas de louro
2 hastes de alecrim
2 hastes de tomilho



Preparação:

Descongele o bacalhau na véspera, no frigorifico.

Coloque o bacalhau num recipiente que vá ao forno, o azeite e os restantes ingredientes mencionados.

Leve a forno pré-aquecido a 110.º C, durante 45 minutos.

O bacalhau está pronto quando estiver bem lascado e, quando ao atravessar com uma agulha ou palito não sentir resistência.

Não desperdicem o azeite guardem-no pois fica aromatizado e poderão utilizá-lo, por exemplo, para saltear batatas ou legumes.
0

domingo, 18 de janeiro de 2015

A Pavlova é uma sobremesa em forma de bolo. O seu nome deve-se à bailarina Ana Pavlova, sendo que esta sobremesa foi criada em homenagem a ela.

É crocante por fora e macia por dentro!! Uma delicia para os olhos e para o palato.

Exige alguma paciência pois tem de ser feita de véspera. 

A base ou "espécie de merengue" é cozida a baixa temperatura e deve ser deixada a arrefecer no forno, totalmente.

Aconselho a fazer de noite e deixar a "descansar" enquanto se dorme. 

Acautelem-se ... não sobrará .... é uma verdadeira DELICIA!!!!

Não vale a pena fazer as contas às calorias porque está muito frio e elas são bem vindas para nos aquecer!!!



"Pavlova com molho de chocolate e creme de baunilha"


Ingredientes:

(para a Pavlova)
6 claras
300 g de açúcar fino
1 c chá de amido de milho
1 c e meia de chá de vinagre branco
frutos vermelhos a gosto qb

(para o molho de chocolate)
100 g de chocolate preto
100 ml de natas
2 colheres copa manteiga
100 g açúcar fino
5 c sopa de mel

(creme de baunilha)
300 ml de natas
3 c sopa de açúcar fino
1 c chá de extracto de baunilha

Preparação:

Bata as claras em castelo, cerca de 4 minutos.
Adicione o açúcar pouco a pouco (1 c de sopa de cada vez) - a textura começará a ficar alterada.
Acrescentar o amido de milho e o vinagre.
As claras têm de ficar bem firmes.
Desenhe um circulo com cerca de 25 cm em papel vegeta. e coloque o papel num tabuleiro que vá ao forno.
Com o auxilio de uma colher grande, disponha as claras no circulo que desenhou e leve a forno pré-aquecido a 150ºc.
Quando introduzir a pavlova deverá baixar a temperatura para 120.ºc e deixar cozer durante uma hora e vinte minutos.

Deixe arrefecer totalmente.

Retire o papel vegetal, com cuidado, e coloque num prato de servir!!

Entretanto, prepare o molho de chocolate, levando todos os ingredientes ao lume, em banho maria, durante cerca de 5 minutos, de modo a que se fundam uns com os outros.

Prepare o creme de baunilha, batendo as natas com os restantes ingredientes até que fique com uma consistência rija mas cremosa.

Barre a superficie da pavlova com o creme de baunilha, coloque frutos a gosto e depois espalhe o creme de chocolate por cima.

Finalmente, um pouco de icing-sugar.

Bom apetite!!!!

0

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015


Um acompanhamento diferente!

Garantido que faz a delicia de todos!



Para aproveitar o legume da época ... aqui fica a sugestão da couve-flor gratinada!







"Couve-flor gratinada"


Ingredientes:

1 couve-flor média partida em floretes
béchamel de compra ou feito no momento
queijo ralado (usei mozzarella) para colocar por cima, q.b.
(podem usar emental ou uma mistura dos dois)
uma mão-cheia de amêndoas laminadas

Preparação:

Cozer a couve-flor ao vapor.
Na Bimby deverá usar o cesto para cozer a vapor, marcando cerca de 20 minutos, temperatura varoma).
Quem cozer num tacho deverá verificar com uma faca o ponto de cozedura.

(Preparei a couve na véspera)

Colocar num recipiente que vá ao forno.
Regar com o molho béchamel.
Salpicar com o queijo mozzarella e a amêndoa laminada.
Levar a forno pré-aquecido, 200ºc, cerca de 10 a 15 minutos (verifiquem se fica tostado como na foto).
0

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015


Adoro os sabores cítricos misturados com o peixe ... 

A laranja era bem docinha, com o seu sabor característico que, em conjunto com o aroma seco e delicado do tomilho-limão deram um óptimo sabor à dourada.

Sabiam, a titulo de curiosidade, que a laranja foi trazida da China, para a Europa, pelos portugueses e, que a laranja doce é denominada na Grécia por portokali e na Turquia por portakal ??

Desafio-vos hoje, a experimentar esta receita, cozinhando a dourada deste modo. Diferente e agradável ao palato.

O peixe foi acompanhado por uma maionese de laranja e couve-flor gratinada, dos quais "postarei" a receita depois.


Aqui fica a foto do antes e depois de cozinhados!





"Douradas Grelhadas com Laranja e Tomilho-Limão"


Ingredientes: (3 pessoas)

3 dourada com 200/250 g cada
1 laranja
sal q.b.
tomilho-limão a gosto


Preparação:

Peçam, na peixaria para darem dois golpes de cada lado da dourada para grelharem melhor.
Salgar as douradas com pelo menos 12 horas de antecedência.
Lavar a dourada e inserir na barriga meia rodela de laranja e tomilho-limão e, nos golpes do peixe introduzam mais tomilho.
Grelhar na brasa ou, para quem não o pode fazer, levar ao grill do forno (o mais próximo possível), cerca de 8 a 10 minutos de cada lado, para que não fique demasiado seca - método utilizado por mim.


0

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Uma alternativa saudável aos nuggets  que se compram no supermercado!

Uma sugestão que faz a delicia de todos!

Para uma refeição descontraída deixo-vos hoje a sugestão de uns nuggets que fiz, utilizando bifes de perú. Contudo, também os poderão fazer recorrendo a bifes de galinha!

Para que fiquem tenros e não demasiado secos, deverão ficar "mergulhados" em iogurte natural (uso grego pois é um pouco mais gordo)!

Vantagem destes nuggets: Não levam ovo e são feitos no forno! 

Tentados a experimentar? 
Ganhamos em saúde! E poupamos de duas maneiras - nas compras e nas idas ao médico.







"Nuggets de Perú, Caseiros"


Ingredientes: (para 6)


500 g de bifes de galinha ou perú

1 embalagem de iogurte grego
sal qb
queijo da ilha ralado no momento q.b.
pão ralado qb
óregãos secos ou outra erva a vosso gosto
azeite em spray qb


Preparação:



Com pelo menos 12 horas de antecedência, deixe os bifes "mergulhados" no iogurte e tempere-os com um pouco de flor de sal.
Na altura da preparação, cortar os bifes em pedaços pequenos.
Misturar o pão ralado com o queijo da ilha ralado e os óregãos secos.
Retire o excesso de iogurte, deixando algum nos bifes.
Pane os bifes na mistura de pão ralado e disponha num tabuleiro de forno.
Borrife-os com azeite em spray e leve a forno pré-aquecido, 20 minutos a 190.ºc

Para acompanhar sirvam uma vinagrete de balsâmico! 
Experimentei-o por sugestão de uma amiga especial .... e é realmente, uma delicia!
Coloquem num frasco pequeno 1 dente de alho ralado, 5 colheres de sopa de azeite e duas colheres e meia de vinagre balsâmico. Agitem muito bem e sirvam com os bifes.
Podem adicionar um pouco de sal, mas provem primeiro.

Em alternativa, e porque os miúdos também vão adorar, usem "Molho para Douradinhos" da Paladin ... feito a pensar neles!



0

Author

PageRank