Follow by Email/Siga-me por mail

terça-feira, 31 de maio de 2016

Não posso comer fritos! Não os consigo digerir!

Vocês aí por casa, uns terão o mesmo problema, outros procuram formas mais saudáveis de comer e outros querem, simplesmente, variar a refeição!

Vi esta sugestão numa revista de um supermercado e, a autoria é do Chefe Hernani Ermida. 
Não a segui à risca, acrescentei um pequeno refogado de alho com azeite para dar gosto ao bacalhau e, saiu bem!
O refogado, fiz na Bimby, amiga daqueles que não têm vesícula, como é o meu caso.

Só acho que sairam um pouco grandes no tamanho. Fiz 12, e  penso que não perdia nada se tivesse dividido a quantidade por mais 6 formas.
Acompanhem com um molho de tomate caseiro, ketchup ou cebola caramelizada e uma boa salada mista!

Asseguro-vos que é uma boa opção para substituir os tradicionais pastéis de bacalhau.

Deixo-vos então a partilha ...






Ingredientes:
2 dentes de alho picados
40 g azeite
500 g bacalhau (usei uma embalagem de migas de bacalhau congeladas)
3 ovos
250 g queijo quark
1 dl leite
100 g azeitonas pretas sem caroço
250 g queijo quark
1 ramo salsa picada
250 g farinha de milho
flor de sal marinho Marnoto
1 c chá fermento em pó

Preparação:
Coza o bacalhau e desfaça-o.
Refogue os alhos no azeite e adicione o bacalhau para que ganhe um pouco de sabor.
Adicione todos os ingredientes pela ordem indicada e , por último, adicione o bacalhau.
Distribu-a a mistura em formas de queque e leve a cozer em forno pré-aquecido a 180ºc, cerca de 15 minutos.

Bom apetite!
2

sábado, 28 de maio de 2016


Este mês, em colaboração com a revista do Cofre de Previdência criei um menu inteiramente composto por leguminosas, para comemorar o "Ano Internacional das Leguminosas", do qual já aqui falei.

Uma refeição simples, rápida e barata, inteiramente feita com leguminosas.

Começamos com uma tradicional sopa de grão e espinafres bem ao gosto dos portugueses, passamos para uma salada de feijão frade com atum e tomilho (ótima para os dias quentes) e, terminamos com uma Tarte de Feijão e Amêndoa, para sobremesa, que já havia partilhado no blogue.

Fica aqui a partilha convosco!





1

domingo, 22 de maio de 2016

Para terminar o fim de semana bem doce com um bolo rápido e simples de fazer!

Quem não gosta de pão de ló? 

Muitas vezes é a base de tantos bolos que são enriquecidos com cremes, doces, frutas .... um sem fim de possibilidades!

Mas, desta vez, cá por casa foi a vez de fazermos um ló de chocolate.

A versão é da revista Bimby do mês de Março.

Serviu de lanche ao ar livre, com um tempo ameno e bem saboroso!

Não pensem que a quantidade de açúcar é exagerada, está no ponto, para ser comido sem qualquer cobertura ou recheio.





Ingredientes:
manteiga qb para untar a forma
6 ovos
300 g leite
500 g açúcar
300 g farinha fina, mais o suficiente para polvilhar a forma
130 g chocolate em pó (com 50% cacau)
1 c sopa fermento para bolos
açúcar em pó para polvilhar (a gosto)

Preparação na Bimby:
Unte com a margarina e polvilhe com farinha uma forma de bolo com cerca de 26 cm.
Pré aqueça o forno a 180.º c
Insira a borboleta no copo, as claras e bata 4 min/vel. 3,5. Retire e reserve.
Retire a borboleta. Coloque no copo as gemas, o leite o açúcar e bata 5 min/vel. 6.
Adicione a farinha, o chocolate e o fermento e envolva 20 seg/vel. 3.
Retire, e com a ajuda de uma vara de arames envolvendo delicadamente com as claras reservadas.
Deite na forma e leve ao forno cerca de 50 minutos.
Deixe arrefecer. No momento de servir, polvilhe com o açúcar em pó.

Preparação Tradicional:
Unte com a margarina e polvilhe com farinha uma forma de bolo com cerca de 26 cm.
Pré aqueça o forno a 180.º c
Bata as claras em castelo, bem firme e, reserve.
Com a ajuda de uma batedeira misture as gemas, o leite e o açúcar. Bata cerca de 5 minutos.
Adicione a farinha, o chocolate e o fermento até ficar uma mistura homogénea.
Envolva, delicadamente as claras no preparado e verta na forma.
Leve a cozer cerca de 50 minutos.
Deixe arrefecer. No momento de servir, polvilhe com o açúcar em pó.


2

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Uma adaptação do livro "Oprah - As Receitas favoritas".

No livro o prato é descrito como "Um prato elegante muito fácil para um jantar" - este foi feito para um almoço de domingo.

Cá em casa gostamos de uma infinita variedade de pratos com pato, mas desta vez resolvi experimentar esta receita , para variar e, saiu bem!

Um encontro de sabores agradável e diferente daqueles a que estamos habituados.

Preparem aí em casa, para convivas ou para vós! 

Para acompanhar servi uma salada de alface com rúcula e batatas fritas na actifry!




Ingredientes:
4 peitos de pato
6 c sopa molho soja
sumo de 1 limão
2 c sopa mel
50 ml sumo ananás

(para o chutney)
250 g ananás fresco em quadrados
raspa de 1 limão
1 limão descascado sem sementes e sem a parte branca
200 ml sumo ananás
1 c sopa gengibre cristalizado
2 c sopa corintos 
1 tira pimento vermelho com cerca de dois dedos de largura, cortado em quadrados.
1/2 cebola roxa cortada aos cubos
2 c sopa vinagre vinho branco

Preparação:
Misture a marinada numa taça grande.
Coloque os peitos de pato na marinada e leve ao frigorifico, pelo menos 1 hora (temperei na véspera).

Para o chutney, ponha a ferver os ingredientes numa frigideira ou caçarola média, em lume médio. Reduza o lume para o mínimo e deixe cozer, destapado até a fruta ficar tenra e o molho espesso. Mexa de vez em quando - poderá levar cerca de 30 minutos.

Leve o pato ao forno (200.ºc, cerca de 40/50 minutos) a assar, com a pele virada para cima e um pouco da marinada (não introduza qualquer gordura, não é lapso na receita).
Reserve a restante marinada e regue os peitos se necessitarem.

Quando a pele estiver bem tostada vire os peitos.
Depois de assados deixe a carne descansar um pouco, corte e medalhões e sirva acompanhados pelo chutney.


1

domingo, 15 de maio de 2016

Querem surpreender tudo e todos aí por casa?
Querem fazer uma sobremesa e não têm tempo?
Tenho mais uma solução e é .... deliciosa!
Esta é daquele tipo de receitas que quando se faz é impossível não repetir!
Acreditem, a partir daqui, os simples morangos com natas, passarão à história!

A conjugação do mascarpone com as natas faz lembrar o preparado base da Espécie de Tiramisú de Morangos Delicioso, mas sem os biscoitos!

Para a apresentação recorri a uns copos de vinho tinto e ficou bem engraçada! Façam numa taça transparente ou noutra a vosso gosto, mas façam porque é uma delicia!

Atenção, de tão boa que era não sobrará nada!



Ingredientes:
(para 4 taças generosas)
500 g morangos lavados e cortados em quartos
4 c sopa mel
1 embalagem mascarpone
1 embalagem de natas (usei longa vida)
2 c sopa icing sugar (açúcar em pó)
arroz tufado para o topping

Preparação:
No fundo da taça colocar 1 c sopa de mel. Por cima dispor morangos cortados.
Entretanto bata as natas até que dobrem de volume e, noutra taça, bata o mascarpone com o açúcar. Envolva as natas e o queijo cuidadosamente. Disponha sobre os morangos nas taças.
Por cima, colocar um pouco de arroz tufado a gosto.

Boa gulodice ;)



4

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Um prato surpreendentemente delicioso com sabores do mar!

Fácil de fazer, tive a ajuda da minha princesa que dizia que estava a fazer o MasterChef Júnior ....

Passámos pelo supermercado e trouxemos os ingredientes necessários para o nosso jantar e ela também participou na escolha dos ingredientes, o que ainda lhe aguçou mais a vontade de ajudar a cozinhar!

Aviso que esta refeição teve direito a um molhinho fantástico que apelou ao uso do pão no final da refeição. 

E eis que depois da trovoada veio a bonança e um sol maravilhoso que deixou tirar estas fotos com umas cores bem bonitas e apelativas para partilhar convosco e deixar-vos com vontade de também o fazerem aí em casa!






Ingredientes:
250 g spaghetti negro
500 g de camarão com casca 
cerca de 1kg de amêijoa
1 cebola 
meio pimento vermelho 
4 dentes de alho 
sumo de 1 limão
um ramo generoso de coentros
40 g azeite + 1 fio para as amêijoas abrirem
flor de sal Marnoto by Necton

Preparação:
Cozer a massa de acordo com as instruções da embalagem. Reservar.
Descasque o camarão e reserve.
Pique a cebola, os alhos e o pimento. Leve ao lume com azeite e refogue em lume muito brando.
Entretanto, coloque um fio de azeite numa frigideira e introduza as amêijoas com um pouco de flor de sal e tape-as com uma tampa, para que abram. Reserve.
Junte os camarões ao refogado e deixe que tomem sabor. Adicione as amêijoas com a água que largam e o espaguete.
Misture tudo, cuidadosamente, rectifique com flor de sal e, deixe que os sabores se envolvam.
Esprema o limão sobre o preparado e salpique com os coentros picados. 
Sirva de imediato!

2

domingo, 8 de maio de 2016

O "pain perdu" é uma rabanada francesa feita com pão brioche, habitualmente servida com chantily e calda de frutos vermelhos!

Neste momento alguns de vós poderão pensar "Rabanadas??!! Mas isso é para o Natal!"
Em França, o "pain perdu" é consumido no dia-a-dia, fazendo parte da dieta francesa.

Neste fim de semana que os dias estiveram mais frios e bem chuvosos resolvi experimentar para sobremesa do almoço de domingo uns "Croissants perdus a la pomme", de um livro espanhol!

Já tinha esta receita debaixo de olho há um tempo e na sexta feira quando fui às compras e .... adivinhem ... os croissants brioche estavam em promoção ... eis que hoje sai a sobremesa!

Ficou uma delicia, mas não a aconselho para dias quentes! 

Um bom pedaço de chantily ou a calda de frutos vermelhos faz toda a diferença!

E vocês, pelo aspecto, ficam com vontade de experimentar??



Ingredientes:
4 croissants brioche (da véspera)
2 maçãs descascadas e cortadas em oito
1 mão cheia d framboesas (não coloquei porque não tinha)
2 0vos + 1 gema
60 g de açúcar + 1 colher
60 ml leite
150 ml nata
A receita refere amêndoa para decorar, mas usei nozes.
Açúcar em pó para polvilhar.

Preparação:
Colocar as maçãs cortadas com 50 ml de água e a colher de açúcar e deixar cozinhar até que as maçãs fiquem moles e a água tiver evaporado.
Numa taça, bater os ovos com o açúcar, o leite e as natas.
Untar uma forma ou um prato com cerca de 10 cm de fundo  com margarina. 
"Rasgar" dois croissants em pedaços irregulares e forrar a base. Colocar as maçãs e as framboesas.
De seguida, tapar com os restantes croissants, igualmente "rasgados".
Verter o preparado e deixar repousar cerca de 30 minutos.
Colocar as nozes e levar a forno pré-aquecido a 160ºc, cerca de 30 minutos.

Deixe arrefecer um pouco e decore com o açúcar em pó.
Sirva acompanhado com chantily e/ou calda de frutos vermelhos.
Bom apetite!!

1

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Para fechar a semana uma receita deliciosa para conquistar aqueles que não gostam de comer peixe!

Prático de preparar e deliciosa a comer!

O que melhor se pode dar a alguém que come peixe com algum sacrifício? 
Resposta: um prato delicioso e sem espinhas!! 

Será que vai ganhar fãs?? Espero que sim!! Cá em casa surpreendeu, pela positiva!





Ingredientes:
2 filetes de salmão
4 lombos pescada
1 alho francês (só parte branca)
1 cebola
1 chávena de ervilhas~
1 cálice de vinho branco
200 ml caldo de peixe 
25 g margarina
25 g farinha
noz moscada moída a gosto
40 g azeite
raspa e sumo de 1 limão
1 ramo de salsa picada
sal marinho Marnoto e pimenta a gosto
puré de batata (pré-reparado ou feito em casa)

Preparação:

Coloque o peixe num tacho com água e coza.
Retire o caldo e reserve (irá precisar dele). 
Lasque o peixe e reserve.

Corte o alho francês em rodelas e a cebola em juliana, coloque num tacho e refogue um pouco.
Adicione as ervilhas, o vinho branco e deixamos estufar um pouco.

Entretanto, preparamos um molho branco:
Coloque a margarina num tacho, deixando derreter. Adicione a farinha e deixe cozer, mexendo sempre com uma vara de arames. Introduza o caldo de peixe aos poucos, por forma a não formar grão.

Junte o peixe, o sumo e a raspa do limão e, a salsa picada ao preparado. Tempere com sal, pimenta e noz moscada. Misture tudo cuidadosamente.
Disponha num recipiente que vá ao forno e cubra com o puré de batata.

Leve a forno pré-aquecido a 200ºc, cerca de 20 minutos.


0

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Segunda feira! Mais uma refeição sem carne!

Reuni a coragem necessária para experimentar uma receita que há muito desejava colocar em prática!

Aproveitei o mote de ser uma segunda feira e de não se comer carne, para a preparar.

Sem dúvida que dá um pouco de trabalho, mas com tudo preparado, só há pelo que correr bem!

Eu tinha espinafres frescos da horta do meu pai, mas podem usar congelados, caso queiram e, darei as dicas para isso.
O molho de tomate foi feito por mim, ma poderão optar por comprar uma garrafa de "passata", que é um puré de tomate mais espesso, adicionado, em regra, de manjericão e oregãos.

Aproveitei, e fiz dois tabuleiros (um deles congelei).

Vejam como ficou ... espero que sirva de inspiração a quem, tal como eu, tem vontade/curiosidade em os fazer e anda a reunir vontade!




Ingredientes:

(para o molho de tomate)
40 g azeite
5 tomates maduros (enlatados)
1 cebola
2 dentes de alho
manjericão 
1 c café açúcar 
sal  marinho Marnoto a gosto

1 cálice de favaios ou vinho branco
Prepare um refogado com os ingredientes e triture tudo.
Em alternativa use a passata com um pouco de água e deixe ferver um pouco
E, aqui está ele!

Disponha o molho num recipiente que vá ao forno

(para o recheio)
2 c sopa azeite
1 molho de espinafres (ou 1 embalagem de espinafres congelados)
2 dentes de alho picados
noz moscada moída a gosto
2 embalagens de ricota
50 g parmesão ralado
50 g pinhões (pode usar nozes, usei os pinhões porque tinha um resto no pacote aos quais precisava dar uso)
flor de sal Marnoto a gosto
1 embalagem de massa de canellonis pré-cozinhados (usei Milaneza)

Coloque o ricota numa taça.

Entretanto, leve o azeite com os alhos ao lume e deixe aromatizar. Introduza os espinafres e salteie até que fiquem assim:
Corte-os em pedaços e deixe arrefecer. Misture com o ricota e com o parmesão ralado.

Torre os pinhões na frigideira e junte-os à mistura.



Coloque o recheio num saco de pasteleiro (uso descartáveis)
 E recheie a massa uma a uma, conforme vê na imagem

 E, coloque sobre o molho de tomate.



(para a cobertura)
Prepare um béchamel (receita livro Bimby)  ou use de compra.
Verta sobre os canelonis e polvilhe com uma embalagem de queijo mozzarella ralado.

Leve a forno pré-aquecido a 200ºc, cerca de 20 minutos.

Bom apetite!







2

Author

PageRank